Background

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Queridos 'amigos'

A cada dia, cada princípio de uma nova experiência eu me aviso: 'A expectativa é a mãe da decepção'. Mas hoje eu descobri fatalmente que isso é uma bobagem.

Chega um momento que você não espera mais das pessoas, mas seu corpo espera, seus lábios, suas mãos, seus olhos e até seu telefone, seu orkut e sua caixa de e-mails. E a luta é incessante -- 'não, eu não espero muito das pessoas, eu me decepciono menos assim' -- e no final você se vê triste, decepcionado. Só foi mesmo um desengano, aquela coisa de ser amigo da consiência, no final você é vítima de si mesmo.

Primeiro eram conhecidos, se viam mas não se falavam. O tempo passou, se conheceram e perceberam-se um grupo de amigos, até felizes que faziam juras de que seria eterno.Saíam sempre, casais se formaram e os mais otimistas ficavam felizes, duraria para sempre (?). O tempo passou, as máscaras caíram e cada um partiu pro que mais lhe atraía. Muitos saíram feridos dessa brincadeira de ser feliz, acreditaram que seria pra sempre, que só por esse momento os contos de fadas se cumpririam neles, naquele grupo de amigos felizes. As reuniões ficaram mais vazias, cada dia mais vazias. Uns corações feridos, mas tudo secreto. Ninguém admite mesmo que está decepcionado, tá tudo bem. Os mais felizes, cordiais, se mostraram sujos, feios e incapazes de manter suas palavras. Eu ainda penso que pessoas assim se atraem. Alguns meses depois se encontram e , como fora no início, voltam a ser conhecidos, se viram e se cumprimentaram casualmente, uma forma de dizer que juras de 'amigos para sempre' são apenas juras, se você acreditou nisso, espere algum tempo até seu coração se recuperar e siga em frente, meu caro.

Mas a minha confissão de hoje não será totalmente 'pessimista', triste e o meu jeito de dizer que eu errei e me iludi, mesmo tendo teorias absurdas (que nunca ponho em prática, dã). Ainda bem que alguém ficou, nada é totalmente ruim.Alguns corações se atraem, almas se atraem e a amizade vai além das juras, ficam por mais tempo e se mostram maduras e mais sinceras (ainda bem). Meu telefone continua esperando aquela ligação, ele toca e é o melhor momento, dois amigos trocando novidades, risadas, desabafando e mostrando que não sabem mesmo se será pra sempre, mas o segredo de uma amizade duradoura é: saber tolerar, respeitar o espaço do outro; mesmo sabendo quão grande são os defeitos, pensar que ter alguém que te ama, que te quer bem é a melhor coisa, tem o sentimento mais puro. Ninguém está completamente só, sempre existe alguém que o complete, não perfeito, mas bom o suficiente pra ele.

Eu adoro você,meu amigo. Todos os seus defeitos, seu jeito que pode parecer tão óbvio, mas que esconde o quanto você é sensacional. Nada paga tudo que você significa.♥

'Tem mais presença em mim o que me faz falta.' Manoel de Barros

11 comentários:

André dos Reis disse...

lindo texto, perfeito!

quem somos nós pra dizer que algo será eterno? né não?!?!

e o mais gostoso nao é saber que alguém te ama, mas sim, SENTIR que alguém te ama e o telefone irá tocar no horário q vc menos esperar, e qnd tocar, seu coração vibra...

hj em dia nao da pra saber o que é amor baseando-se nas palavras de pessoas... palavras hoje em dia não tem valor...

Por isso passei a pedir a Deus pra que eu pudesse sentir mais e mais a nobreza do coração das pessoas, ou a sujeira que há nele...

Deus a abençõe, obrigado pelas palavras, fiquei muito feliz mesmo!

Jéssica disse...

Criar expectativa é criar uma ilusão de um mundo qual você não pertence. Comigo é -(in)felizmente- deixando as coisas rolarem. O que tiver que ficar, ficará. Só o tempo tem comando sobre mim e sobre todos.

Por um lado, criar expectativa pode ser até bom - mas é uma droga momentânea. Com o tempo, o saco da realidade ataca e você perde toda essa "ilusão".

É ruim mas é bom.

;***

Flor disse...

oii Lays... lindo texto...
eu me sentia presa as expectativas minhas e dos outros em relação a mim...
agora estou vivendo um dia de cada vez...
vc escreve lindamente... se é q esse termo existe...rs.
beijo

Sheyla disse...

Lindo!
É preciso muito para uma amizade.
É preciso menos superficialidade.
Concordo com o André: "Por isso passei a pedir a Deus pra que eu pudesse sentir mais e mais a nobreza do coração das pessoas, ou a sujeira que há nele"...
Ah, coloquei no meu blog uma música do meu marido. É só clicar no link, apertar o play ou fazer o download. Espero que goste.
Bjs,
Sheyla

Vanessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanessa disse...

Pois é, de uma maneira ou de outra, a gente smpre cria expectativa. Eu crio, eu sonho, eu fantasio- me ferro.
Tenho tentado controlar isso em mim, não esperar que as pessoas façam o mesmo que eu faria por elas, que elas saibam medir, equilibrar.
Mas uma coisa é certa, nada é constante, nem mesmo os sentimentos.
Durando muito ou pouco, cada amizade, cada pessoa deve ser aproveitada naquele momento.
Quanto aos rumos, só o tempo poderá dizer.
Como diz Caio Fernando Abreu : é natural que as pessoas se encontrem e se percam.
=))


Ráaa...eu vi um comentário de Nah no seu blog comentando mais fiquei meio que viajando...rs
você vem mesmo pra cá?? dia 28 de setembro é??
vai vir para o show de Jammil e Natiruts no dia 27???
Puts, vamos mesmo fazer esse encontro aí. Que tal? Gostei da idéia Lai.
=))
beijão.

Eric Luis Carvalho disse...

Saudades de vir aqui...
Pra começar queria dizer que adorei o post anterior, lindo demais, saber q tu escreveu isso poucas horas antes da prova...me tirou lágrimas..

Quanto a este...é só encantador o jeito com q tu consegue passar os sentimentos através das palavras...doce, carinhosa e sincera...um beijo e um afago com um abraço de "fica bem muzenxinha"

Eric Luis Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eric Luis Carvalho disse...

*MuzenZinha!

Se não fica meio emo ahhahaha

bjo Lay!

Mê Amaral disse...

demaaaiis seu textoo!

muuuuuuuiito bom mesmo
;D

nós sempre criamos espectativas, que muitas vezes sao frustradas!!

é a viida né naao?!

beeejo

adoreiii seu blog

raull disse...

eu te amo.

;j