Background

domingo, 31 de agosto de 2008

A arte de mudar.

É gostoso quando tentamos dar sentido as coisas, fazê-las melhores tomar golinhos de prazer e se embebedar de satisfação.

Mudar, fazer algo novo no cabelo, usar uma roupa diferente e cortar as unhas.

Deixar rolar, olhar mentindo uma indiferença, estar no fundo louco de vontade. Comer o que se tem vontade, quando se tem vontade e atravessar a rua observando os outros pedestres.



Observar, é isso. O que aquele rosto ao lado esconde, onde ele estava há cinco minutos atrás, que coincidência a gente atravessar a rua junto. Enquanto o sinal está fechado, uns olham o relógio, outros conversam com alguém ao lado, alguns fazem ligações e tem sempre alguém que não faz nada além de respirar, prestar atenção no sinal e atravessa. Há muito tempo eu me viciei em observar detalhes, desings, tons de batons e cores de esmalte e me interessei por futebol. Toda mudança provoca percepção aguçada, as pessoas te reprimem mais porque sabem mais de ti, porque você muda pouco ou porque você resiste demais é que sua vida está desse jeito, ou até porque você força mudanças, estilos, novidades e cria um mundo imaginário -- muda demais. Há que existir bom senso em tudo, a vida sabe ponderar, trazer a medida certa, o amor exato, a mudança ideal, o escape.



Eu ainda prefiro me deixar levar pelo que eu gosto. Ao contrário da maioria eu adoro televisão, ler compulsivamente, aprender cada dia mais. Não ser superior a ninguém mas me superar, me fazer mais forte e melhor pra mim, consequentemente pra você. :D



Mude, sem medo e sem pudor. Se entrege a cada porção atrativa de realidade;

ps:.
Como já me sinto mais ítima, queria contar pra vocês que agora eu estou ouvindo o novo CD do Marcelo Camelo 'Sou', no mínimo, perfeito. Indico, demais.
:D

13 comentários:

Daniel Abreu disse...

Correndo aqui pra baixar esse CD ai...
Afinal ele vai tocar aqui em setembro né? E você vem...

=D

Polêmica disse...

Precisamos estar aberto às mudanças e devemos mudar sempre para melhor! Por isso o auto-conhecimento é tão importante, assim nós podemos dosar nossos defeitos e mudar o que nos faz mal.

Beijinhos!

Tatah Marley's Confissões disse...

Nunca ouvi falar dele, mais vou procurar as musicas..
e adorei o post..
viva a tal Metamorfose Ambulante!
\õ/

Ly disse...

mudar sempre é bom.. mas sem deixar de ser você mesma ^^

te coloquei nos amigos ok? ;x

Sheyla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sheyla disse...

Layz,
Sinceramente, só aplausos!
Aplausos para o que li e, principalmente, para o que senti.
Bjs.

Janete Andrade disse...

já dizia um texto q lii certa vez - só o q está morto não muda!

;**

"O Autor", disse...

Não sou muito de mudar meu exterior, roupas (bem casual) e mais. Gosto de mudar o interior, e faço isso observando pequenas coisas.

Já observou a coloração do céu ao pôr do sol?

Roberta Costa disse...

Aiinn eu tbm baixei esse Cd... TOh gostando muito.!
beijOs.!
Saudades disso aki.!
:)

Naraiana Costa disse...

Eu faço isso.. observo cada gesto, cada detalhe. As vezes a gente conhece mais dos habitos das pessoas do que elas mesmas...

Contagem regressiva \o/
faltam 21 dias

larimello17 disse...

Não precisa dizer muito né?
Sempre muito perfeita nas suas escritas
adoroo Lay ;)

beeijos ;*

larimello17 disse...

Sou euu Lara viu?
rs

Máa ;* disse...

mudar é realmente necessário!
uma hora cansa ser como você sempre foi, usar o mesmo corte de cabelo, as mesmas roupas..
ontem radicalizei, cortei o cabelo nos ombros, que antes eram no meio das costas, e fiz franja!
mudar.. faz parte o/

beijos!
adorei aqui, você escreve bem ;*