Background

domingo, 31 de agosto de 2008

a nova rotina de me ser,

Nada saiu como planejamos. Lamento.
Um dia nublado, quando eu esperava sol, uma noite acordada quando eu esperava bons sonhos, lágrimas quando tudo convergia para intensos sorrisos.
Hoje eu não pretendo poetizar muito o meu desabafo, a minha confissão. Hoje eu vou contar pra vocês um pouco de mim, sem versos, sem metáforas, sem entrelinhas;

Me afastei do blog por uns dias, senti saudade demais, acreditem. Na verdade eu nunca pensei que fosse gostar tanto disso aqui, descobrir pessoas tão bacanas, blogs que me fazem um bem danado. Então, para os que vem aqui sempre e já se consideram íntimos, vou fazê-los assim.
Semana passada minha mãe foi submetida a mais uma cirurgia no joelho para a retirada de um 'parafuso' mal colocado na cirurgia anterior, com muita dor, sem conseguir fazer alguns movimentos ela foi vítima de um erro médico. Parafuso retirado, minha mãe no hospital e muito choro, muita dor e uma cefalélia pós-rac (uma dor de cabeça indescritível, quando o paciente não se mantém deitado, levanta aquém do tempo previsto),a solução mais eficaz é a hidratação (muuuita água), mas é a longo prazo, nisso ela ainda sofria com a dor, mais um dia pelo menos.
Bem, e quanto a mim? Sofria duas vezes mais por vê-la assim, minha mãe, meu xuxu, minha viida. :D
Mas graças a Deus as coisas melhoraram, ela já está bem, sem dor, mas está se recuperando. Eu, gente, aprendi a cozinhar!
Me afastei da minha vida virtual, olhei menos o orkut, entrava e respondia os recados apenas, msn nem pensar, e o blog --vocês sabem, deixei abandonadinho. :} Tudo por uma boa causa, para a minha felicidade, a felicidade dos estômagos que convivem comigo! hahaha Tô indo bem, acreditem e tenho me esforçado demais nessa coisa de ser faxineira, arrumadeira e cozinheira de unhas feitas, tôca no cabelo e luvas, eu que era tão desastrada, onde cozinha era sinônimo de 'coisa queimada', 'coisas quebradas' e 'sujeira na pia', tenho me surpreendido comigo mesma. Me descobri apaixonada pela cozinha e descobri uma estranha mania de observar os outros comendo e esperar deles uma cara de satisfação, uma travessa vazia e um elogio, quero que todos comam até vê-los quietos, sonolentos e comentando sobre a comida. hahahahaha

Então, eu vou me esforçar mais ainda pra estar mais perto de vocês, atualizando mais e conseguir administrar essa coisa nova de tantas tarefinhas cansativas. Eu, que levava uma vida bem pacata há menos de uma semana, esperando o dia da minha matrícula na UEFS (em dezembro) recém aprovada no vestibular, dormia às 03:30h e acordava às 12:10h informo a minha saída da vidinha sedentária e informo que ao som de Madonna eu lavo os pratos e cozinho pra minha família.ui! 8)
beijos e uma boa semana a todos.
ps:.
odiei essa postagem, foge TOTALMENTE do meu estilo. :x
ps²:. ODEIO falar da minha vida pessoal tão explicitamente, mas imagino que isso vá acontecer algumas vezes. ;)

14 comentários:

Britannicus Intelectus disse...

Desculpa a intromissão, mas sabes...

Muitas vezes usamos metáforas e outras figuras de estilo para tentar transparecer ao máximo o que sentimos na forma mais subliminar possível ;)

Mas há momentos que... atingimos um determinado limite e...

Há-que dizer de forma nua e crua o que se sente e pensa.

Gostei do «post». Beijinho desde a Europa, João Pedro

Lily disse...

ô querida!
espero que sua mãe fique 100% boa logo e que você não fique mais longe do blog, pelo menos não por causa de coisas chatas como essa!

bjssss

Eric Luis Carvalho disse...

No final tudo se ajeita, tudo se encaixa e o bem sempre vence. Saúde pra tia e bjo pra mais nova cozinheira do pedaço!

Flaah :) disse...

Oh, melhoras para a sua mãe, querida. Mande um abraço a ela. Parabéns pelas novas descobertas na cozinha! :]

Polêmica disse...

Eu adoro quando eu cozinho arroz e todo mundo elogia (rs). É gostoso cuidar da casa, eu imagino que quando eu me casar eu vou ser uma baita de uma Amélia (rs)
Curte bem a tua nova rotina =D

Beijinhos!

Sheyla disse...

Que bom saber mais de vc. Melhoras para sua mãe e que notícia boa a sua descoberta na cozinha, heim?
Passei um bom tempo a cozinhar, sempre, nos finais de semana. Tenho que voltar. Adoro pegar os temperos fresquinhos e fazer ou reinventar uma nova receita.
Cozinhar faz um bem danado.
Vc já assistiu "Como água para Chocolate", um filme mexicano que trata dentre outros assuntos da alquimia na arte de cozinhar. Muito poético. Vale a pena ser visto.
Bjs.

Daniel Abreu disse...

Aaah querida, obrigado pelo comentário lá.
Conhecia seu blog por nome mas nunca tinha passado por aqui (infelizmente). Aaah, como eu sabia? Nara vivia me falando, até disse que vai te conhecer no show de Camelo.

Bom, você acaba de entrar pra minha lista de favoritos, mais um de Feira.

Visite também, de um amigo meu, seu conterrâneo: www.cafedodom.com.br

=)

Beijo

Daniel Abreu disse...

Aaaah, quanto a sua mãe, entendo perfeitamente. A minha teve uns problemas de saúde a pouco tempo e ficou muito mal. Graças que a sua está melhor.

BEijo novamente.

Flor disse...

Oiiie... desejo melhoras pra sua mae...
eu sei cozinhar alguns pratos, e tb fico curiosa pra ver se aprovam quando faço, mas faz tempo que nao tento nada na cozinha...
gostei do seu post diario...
beijuuu e boa semana!

Gabriella disse...

HAHAHAHAHA.
Na hora do suufoco a gente se vira né Laaay!
As vezes eu me espanto comigo ;D

Gabriella disse...

Melhoooras pra minha tiiiiiaa!

"O Autor", disse...

Seu estilo é a literatura!

Não conheço a Anaíra... ainda não.

Máa ;* disse...

cozinha pra mim ainda é sinônimo de 'coisa queimada', 'coisas quebradas' e 'sujeira na pia' :)

e tenho uma aversão a cozinha, loças, e panelas! ;*

Máa ;* disse...

ah, e que sua mãe fique completamente bem logo ;)