Background

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

O tempo, o amor e a confusão

O tempo a confundiu --traiçoeiro, multifacetado.

Soprou nos seus ouvidos teorias loucas, já sabia da capacidade dela de se perder em meio as palavras, de quantas horas demorava pra se encontrar, provocou um arrepio que partia da sua nuca e passeava por todo o seu corpo, sem pudor.

'Talvez ele precise de um tempo longe de você. Ele tem tantas atividades, é pouco tempo pra vocês dois, você tem que ter bom senso, saber bem a hora de partir', disse o tempo. Ela se confundia enquanto havia uma tempestade na sua cabeça.

Mais uma vez eu me torno piegas, ridiculamente sensivel, o amor salvou tudo.
Nunca é bom estar longe quando há amor, nunca. O amor junta, faz as pessoas se sentirem mais fortes, completas, parte de alguém. Eu sei, parece uma bobagem mas o que faz sentido mesmo é viver essas coisas, ela anda tão fascinada.

Nem o tempo, nem as mirabolantes teorias femininas, nada pode mudar o verdadeiro sentido do amor. Quando é amor, quando se tem certeza, quando estão longe sentem-se incompletos, é preciso estar sempre por perto, a simples presença, um simples olhar faz toda diferença. Uma vez distantes, todos planos podem dar errado, tudo pode (assustadoramente) piorar.

Sim, eles se precisam de uma forma fascinante. Não precisam de beijos imensos, da insanidade constante da paixão, é um amor maduro -- há doses de paixão, consideráveis, mas há mais amor, cumplicidade e um desejo avassalador de que sobre tempo e uma certeza louca de que será pra sempre.





É amor, meu caro, tomara que você não tenha esperado uma definição -- disso eu não sou capaz.






"Você é o amor que eu sempre procurei, em vão.
Você é o que resiste ao desespero e a solidão.
Nada existe, o tempo é triste, sem você.
Meu amor, nunca te ausentes de mim para que eu viva em paz
Para que eu não sofra mais..."


Chico Buarque.

14 comentários:

Gabriella disse...

Laaaaay que perfeiçãão!

É amor néé... não precisa de definição.
=**

Maria Fernanda disse...

E precisa de definição mais perfeita?

Ly disse...

olaa, vi um comentario seu no meu blog.. obg por passar la *:

Sheyla disse...

Já disse tudo! E não há nada mais chato do que definições, rótulos e muitas explicações.
Bjs

Camila Colossi disse...

*---*
q perfooo véei aahuauh


http://imensidadx3.blogspot.com/

Camila M. Schuch disse...

Eu não acredito que amor tenha uma definição, que possa ser comum a todos...

Obrigada pela visitinha!

Beeijos

Michele disse...

Texto lindo, linda definição pro amor, como disse a Fê! O amor é essa tranquilidade toda, essa possibilidade de criar expectativas e estar certo de que o amanhã, ao lado dele, está seguro e em muito boa companhia!

Beijos grandes!

Lily disse...

nossa! lindo o texto...

acho q amor, tempo e confusão estão msm interligados!

pq só o tempo responde as confusões, faz o amor verdadeiro se mostrar; se o amor for verdadeiro, todas as confusões, a falta de tempo serão superadas; e o verdadeiro amor sempre resiste ao tempo.

bjksss

Naraiana Costa disse...

Chico sempre perfeito. Como suas palavras e seu jeito doce de escrever.
Poxa eu vou pra esse show também, dia 28. Pooooo, temos que nos encontrar. \o/
Vou falar com Van.
Que emoção.
asasusahuisahsia

Mê Amaral disse...

gosteii daquii

:D
voce escreve muuiiito beeem!

liiiindo o texto

beeijo

Jéssica disse...

É aquela coisa da propaganda do sonho de valsa, o que prevalescer e ser suficiente pros dois, a relação perdura - e daí surge o amor tão escondido pelos metrôs da vida.

Estranho, mas é assim. É lindo.

Adoooooooro aquiiii! :)
;***

Thaís Miranda disse...

Oi!!!
Primeiro obrigada pelo seu coment no meu blog... Vida atribulada, mal consigo entrar para os meus desabafos... mas obrigada pelo elogio, pela visita!!!

Quanto ao seu post...
"Definir é limitar!"

=)

Beijos e apareça quando quiser!

Karen disse...

Oi,
Cheguei aqui através do blog da Sheyla. Comecei a ler e este post em especial me tocou muito. A indefinição não faz parte da minha vida neste momento, mas anseio por ela, as vezes penso que mesmo a mais negativa das respostas é ,elhor do que um anseio desenfreado...

Bjos

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom