Background

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Não finja mais!


Porque você finge?


Você finge que gosta, mas detesta, força um sorriso, um abraço e pensa:

'é como eu queria que fosse...', você deseja aquilo, força e vive por alguns minutos uma realidade que não existe.

A gente finge que é amigo, finge que ama e depois, quando essas mentirinhas ficam maiores você tem ainda mais trabalho pra mantê-las. Um dia você conhece a mãe do seu namorado e finge que é simpática, que gosta de trabalhos domésticos e é uma filha perfeita. Diante dos colegas, você finge que sabe sobre tudo, que ganha mais e adianta um semestre.

Fingir é uma 'bola de neve'. A gente nunca sabe se aquela situação vai durar mais, se você fige nos primeiros 30 segundos, vai fingir nos próximos 30 anos, é inevitável. Ser sincero é bem melhor, é bem mais agradável.


Há algum tempo eu resolvi deixar essas máscaras socias, essa 'camaleosidade' - um jeito camaleão, onde você chega se adapta - isso tira um pouco de você, de quem você é de verdade; aos poucos você se perde nessas máscaras e não sabe mais onde seus pedacinhos se perderam.

Eu finjo menos, dizer que não finjo mais seria mentira. Eu era adepta de um jeito bem bonzinho de ser,perdoava tudo, minimizava mesmo os maiores problemas e as pessoas mais falsas eu tratava como se fossem amigos, eu tinha medo de machucar as pessoas mas não tinha medo dessas consequências na minha vida.

Hoje eu transformei essa realidade, aprendi a dizer não. Não aceito abraços, sorrisos e declarações de amor de quem não merece, justifico o meu jeito. Não tento mudar pra agradar ninguém. Quem me conhece de verdade - uns poucos- conhecem o que eu tô sentindo num olhar, num balançar frenético de pernas, ou no meu jeito complusivo de estralar os dedos.

Posso te garantir que ser você mesmo é bem melhor, faz um bem danado.


Vale a pena mudar, levar com você quem realmente vale a pena.


{Ente nós:

-Obrigada pelo comentários, scraps, depoimentos cobrando a atualização do blog. Essa semana tá uma loucura! Não aguentei a saudade, atendi aos pedidos: atualizei.

-Se você não tem um blog e quer comentar, clica na opção 'Nome/URL' .}





5 comentários:

raull disse...

pára de fingir layz.

Eric Luis Carvalho disse...

Não finja, viva...

"Fingi na hora rir.
Talvez por aqui estar tão longe de você pra te dizer..."

Eu adoro esses textos dessa menina da caneta assanhada...e juro q n to fingindo...hahahaha

bejão Lay!

Isadora disse...

e o ministério da saúde adverte: fingir = viver mais. ; )
Boas provas! ; *

Isadora disse...

correção
fingir menos*
; D

Vanessa disse...

Pare de fingir!

DEVIA EXISTIR UMA CAMPANHA COM ESSA FRASE, POIS NAO AGUENTO MAIS. =/