Background

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

quem eu sou, de verdade;

Manter as flores multicoloridas, tomar o café da manhã e reler as cartas.
Relembrar, fingir que tem notícias, deixar esse sorriso despontar sem ter um motivo presente, deixar ele ser fruto das lembranças, de um passado tão bom.

Menina, deixa eu te lembrar que para que você não mude.
O que te faz mais linda é esse jeito de prender os cabelos, esse nó sem sentido, esses olhos pintados e a sua preferência pelos biscoitos de morango. Não se perca, continue preferindo o quente ao frio, as unhas de cores exóticas e não perca a sua paixão por livros, fotos e piadas idiotas fora de hora. Não esqueça da última vez que recebeu flores, não deixe que vire nada, transforme em poesia. Tudo bem, continue achando o excesso de banhos desnecessário, tome apenas um por dia, você é mesmo assim, não vai te fazer pior.
A sua frescura, a sua alergia, os seus medos medíocres, pra que mudar?

Eu, esse poço de misturas loucas, de expectativas frustadas, esse blog, um monte de confissões quero nunca me perder de mim.
Acordar, ver meu rosto, lembrar das minhas displicências e deixar pra lá, se espreguiçar, sentir vontade e continuar ansiosa.
O meu amor me achou assim, na minha verdade. Que eu mude naturalmente, que eu não me perca de mim na esquina de uma mudança.

ps:.
• (muuita vontade de escrever, voltei :D )
• Minha mãe está bem (obrigada pelos votos, foram preciosos), cozinho menos, porque gosto de coisas requintadas e minha mãe diz que engorda e faz mal pro coração. Eu na cozinha apenas aos fins de semana ( e olhe lá ).
um beijo geente.
..
*

16 comentários:

Sheyla disse...

Layz,
"O meu amor me achou assim, na minha verdade. Que eu mude naturalmente, que eu não me perca de mim na esquina de uma mudança".
Houve um tempo que perdi-me da minha essência.
Foi por pouco tempo. Permiti que o vento me levasse para longe de mim.
Mas a a volta, o reencontro ao meu amor, a minha verdade, foi grandiosa, intensa, alegre.
O que vale nessa vida é a verdade de cada um, e o amor. Sempre e sempre!
Adorei!
Bjs.

Fabrícia ♥ disse...

E você escreve supeer bem , parabéns ;)
ta muito lindo esse seu banner :D

"O Autor", disse...

Você, esse poço de beleza radiante! ^^

raai. disse...

muito lindo *-*

parabééns ;]
;*

Janete Andrade disse...

' Não esqueça da última vez que recebeu flores, não deixe que vire nada, transforme em poesia. ', tava precisando lê uma coisa assim... às vezes a gente acaba esquecendo q coisas já aconteceram e se pega só as coisas ruins, se afunda na lama, tão simples se a gente transformasse tudo em poesia, em aprendizado né? lindo, lindo . *-*

;**

Jéssica disse...

Melhor ser assim, um poço cheio de coisas do que uma caixa de papelão vazia.

;***
que bom que voltou. tava com saudades.

Daniel Abreu disse...

Aaaah, bom que cÊ tenha voltado.

=)

Gosto de pssoas assim, de verdade. Costumam ser irresistíveis.

Beijo Lay

Maria Fernanda disse...

Menina, deixa eu te lembrar que para que você não mude.

- Por que a gente custa a crer que as pessoas gostam da gente pelo que somos, não pelo que podemos ser?

Vanessa disse...

"O que te faz mais linda é esse jeito de prender os cabelos, esse nó sem sentido, esses olhos pintados e a sua preferência pelos biscoitos de morango."

Minha nossa, você me descreveu aí. Hahahaha
só extamente assim.
Olha, temos pontos em comum.
=]]
Pois então, continue assim. O que for de mudar, o tempo se encarrega e faz isso de forma macia e gratificante. Preserve sua essência.

Lai, tava conversando com Ná um dia desses e se dê mesmo, eu saio daqui com ela e a gente marca pra se encontrar lá...ráaaaaaaaaaa

PS: Ele já divulgou por aí músicas da carreira solo? não ouvir comentário.

beijaooo

Gabriella disse...

ooow Laaaaay tão bom ler seus teextoos!
Não abandona isso aqui não viiu!
;p

Tata disse...

Que lindo o que você escreveu. Principalmente por dever ser cheio de verdades.

Soou-me desabafo... pra lá de poético. Hehehe

Beijão!

Máa ;* disse...

você escreve super bem, adorei toda essa descrição sua!
parabéns ;*

que bom que sua mãe tá bem.
ah, e sobre cozinha, nem chego perto, não sei fazer nada lá além de abrir a geladeira para pensar.

Tatah Marley's Confissões disse...

é isso aí, nao suma nao, este blog faz milagres!
x))
postei lah de novo flor..
e amei o post, e fico feliz pela sua mãe tá melhor!
^^
beeijos

Anaíra disse...

Menina, deixa eu te lembrar para que você não mude:

Continue mudando muito, crescendo muito, dentro do seu ritmo...deixe-se acontecer. E mais importante...nunca perca sua mania de fazer piada de tudo.
Era muito ótimo conviver com você.
Ainda bem que percebi de cara!
=)
Adoro você.

Vanessa disse...

Consegui já baixar o cd de Camelo
\°/

Flor disse...

oiii Lays... fico feliz que esteja td bem com sua mãe!
Adoro tudo o que voce escreve!
vc faz faculdade de jornalismo? letras? psicologia? algo do tipo?
beijoo e bom fds!